ACESSE SEU CURSO A DISTÂNCIA >>

Notícias

Presidente da Arpen/RS media live sobre mudança de nome e sexo no Registro Civil

O presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS), Sidnei Hofer Birmann, participou, durante a noite desta segunda-feira (27.07), da live promovida pela Fundação Escola Notarial e Registral (Enore), a respeito da mudança de prenome e sexo nos cartórios de Registro Civil, autorizada pela Provimento nº 73 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Como debatedoras, participaram a vice-presidente nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM), Maria Berenice Dias, e a presidente da Comissão Nacional de Notários e Registradores do IBDFAM, Marcia Fidélis Lima. A transmissão foi realizada pela plataforma moodle da Fundação Enore e contou com a participação de cerca de 90 pessoas.

 

Mediador do debate, o presidente da Arpen/RS cumprimentou os espectadores e as convidadas da live e destacou a importância do tema proposto. “Eu fico extremamente feliz em participar do debate desse assunto de extrema importância, não só para nós, registradores, mas para a população em geral – que é o Provimento nº 73 – , e que permitiu a troca de nome e gênero nos cartórios de Registro Civil, sem precisar mais do processo judicial”, disse Birmann.

 

Iniciando sua explanação, Maria Berenice Dias destacou que considera a normativa mais uma prova de que extrajudicial pode auxiliar muito no desafogamento do judiciário brasileiro. “São os profissionais com a qualificação necessária para desjudicializar e auxiliar o Poder Judiciário que, infelizmente, está colapsado”, disse.

 

Além do processo para a alteração, a vice-presidente do IBDFAM mencionou pontos considerados polêmicos por algumas esferas da sociedade, como o registro de sexo indefinido na certidão de nascimento, desde que a informação conste na Declaração de Nascido Vivo (DNV), emitida pelo médico responsável pelo nascimento. “Se um dia, a pessoa quiser definir sua identidade, mesmo sem mudança estética ou qualquer outra, pode usar o Provimento nº 73”, explicou.

 

Marcia Fidélis Lima parabenizou as entidades notariais e registrais gaúchas pela união e comprometimento com a atividade extrajudicial. Depois, comentou a criação da normativa e peculiaridades existentes no processo da troca de nome e gênero nos documentos de identificação.

 

“Podem acontecer casos em que, mesmo com a certidão do registro civil alterada, a pessoa precisa alterar a certidão de casamento ou divórcio, e não consegue porque o ex-cônjuge não autoriza. Porque, pela Lei, para fazer essa alteração na certidão de casamento ou divórcio, a outra parte precisa autorizar e pode não querer, por partir da prerrogativa de exposição. A gente tenta conversar mas, se a pessoa não dá anuência, nós precisamos suscitar dúvida. Isso geralmente não acontece quando o casal ainda está junto porque, nesses casos, há um consenso”, explicou Lima.

 

Conforme explicou, o mesmo vale para a alteração do nome dos genitores na certidão de nascimento. Há a necessidade de anuência do outro genitor, caso o filho seja maior de idade.

Maria Berenice lembrou, ainda, do tato necessário com a população transgênero, que sofre diariamente inúmeras situações de preconceito e discriminação.

 

Finalizando sua participação, o presidente da Arpen/RS agradeceu a participação de todos. “Agradeço em nome da Arpen/RS e da Fundação Enore, aos colegas pela bela participação. Nós teríamos muito ainda a falar sobre esse assunto.”, disse Sidnei Birmann.

 

“Eu estava quietinho, escutando atentamente, e posso dizer que essa noite foi memorável para a Fundação Enore, porque nós contamos com palestrantes da mais alta estirpe. A Fundação agradece empenhadamente a disponibilidade de vocês por terem comparecido, para dar luz sobre esse tema que, confesso, fiquei muito interessado. Aceitem nossos mais sinceros e efusivos agradecimentos”, encerrou o presidente da Fundação Enore, Ricardo Kollet.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação-Apen-RS

 

FALE CONOSCO

Prezado Usuário/Cliente:
Se você deseja comunicar-se conosco, manifestar dúvidas, ou exercer algum dos seus direitos em relação às suas informações pessoais ou se tiver alguma dúvida sobre como usamos essas informações pessoais, nos solicite através do formulário abaixo.
Powered by BreezingForms